5 super-alimentos para combater a gripe 

São várias as coisas que desencadeiam a procura pelos chamados super-alimentos que estimulam o nosso sistema imunitário. Entre elas encontra-se a época das alergias, as tradicionais gripes de outono/inverno e claro a pandemia que o mundo está a enfrentar atualmente com o devastador corona vírus. Afinal, o nosso corpo é um livro aberto e todos os nutrientes que ingerimos (ou a falta deles) serão depois postos à prova durante os períodos de surto. O nosso sistema imunitário é o principal responsável pela eliminação destes patogénicos, antes que eles realmente se possam estabelecer e chamar ao nosso corpo de lar. É ele que desencadeia a produção de anticorpos, que se ligam aos antigénios do patogénicos antes de o eliminarem.

 

Quem adopta a “fast food”, por exemplo como o pilar das suas dietas, então será muito mais provável que o seu sistema imunológico se torne um espaço aberto à espera de ser completamente devastado pelo vírus mais moderno da temporada. Para evitar que tal aconteça, aqui estão alguns dos melhores super-alimentos que estimulam o nosso sistema imunitário e que deveremos incorporar nas nossas sua dietas.

ALHO

 

Este é um daqueles que todos conhecemos bem, sendo muito provável que já o estejamos ingerir todos os dias. O alho tem sido usado por muitas civilizações ao longo dos séculos, não apenas para dar sabor aos alimentos, mas também para combater infecções. Um dos composto ativos presentes no alho é a alicina, que se converte facilmente noutros compostos com enxofre que aumentam a resposta de combate às doenças dos glóbulos brancos no corpo quando há a presença dum vírus.

COUVE KALI

Agora sinónimo de muitos processos de desintoxicação, a couve confirma mais uma vez a sua reputação de ser uma potência da nutrição com sua infinidade de vitaminas, antioxidantes e cálcio. Como o super-alimento que é, este vegetal folhoso está bem equipado para proteger o nosso corpo dos radicais livres e do stress oxidativo, trabalhando com o seu conteúdo de manganês para aumentar os níveis da superóxido- dismutase, uma enzima que ajuda a promover a causa dos radicais anti-livres. Além de eventualmente, nos poderem proteger de cancro, estas propriedades também preparam o nosso corpo para outras invasões indesejadas, tais como os vírus, tornando-a num dos melhores legumes que se podem ingerir.

BAGAS DE GOJI

 

As bagas de Goji já terão sido usadas como planta medicinal na China antiga, mas a pequena fruta escarlate foi enaltecida para além do seu status de MTC para se tornar num dos super-alimentos mais potentes da atualidade. Também conhecidas como “wolfberries”, as bagas de goji contêm polissacarídeos, que ajudam a melhorar a função imunológica e a atividade antioxidante total do nosso corpo. A presença de zeaxantina - que dá cor às bagas - não apenas promove a saúde macular, como também aumenta a nossa imunidade.

AÇAFRÃO

 

Todos nós conhecemos este ingrediente pelas suas características presentes em muitos dos pratos indianos e do Médio Oriente. A chamada de ‘Especiaria Dourada da India' funciona muito bem como super-alimento que aumenta a nossa imunidade. Há muito utilizado no Ayurveda pelas suas propriedades anti-sépticas e analgésicas, o açafrão também é mais uma linha de defesa contra as constipações e gripes sazonais, graças à curcumina, o polifenol ativo que se encontra nesta especiaria.

NOZES

 

Aqui está uma desculpa para fazer aqueles brownies delicioso. As nozes não são apenas ricas em ácidos gordos ômega-3 essenciais ( poderosos combatentes de doenças cardiovasculares inflamatórias), mas também em fenóis antioxidantes que combatem os danos dos radicais livres. Mais importante, as nozes contém altos níveis de uma forma especial de vitamina E chamada gama-tocoferol, que é fundamental para o sistema imunológico combater as bactérias e vírus invasores.

Fotografias: Getty Images

Texto: Exposer Magazine