O primeiro hipercarro japonês, o 'Aspark Owl', é também o carro de produção mais rápido do mundo 

Se é a primeira vez que ouvem falar da "Aspark Owl", também não vos censuramos. A história por detrás do primeiro hiper-carro japonês é uma das que não teve o mesmo "hype" de outros modelos de marcas como a Bugatti ou a McLaren. 

Quer dizer, não até a sua equipa de marketing ter lançado um vídeo bastante selvagem do seu protótipo completo de fibra de carbono a fazer uns estrondosos 0-100kph em apenas 1,9 segundos num parque de estacionamento. Entre então e agora, muitos pensavam que o "Aspark Owl" nunca conseguiria realmente chegar às estradas, mas 2021 parece estar marcado para ser o ano em que o fabricante de automóveis baseado em Osaka vai concretizar o sonho de todos os demónios de velocidade, e já abriu finalmente os seus livros de encomendas para quem quiser ter o carro de estrada mais rápido do mundo. 

 

Com que velocidade, perguntam vocês? Esta máquina vai levar-vos dos 0 aos 100 km/h em apenas 1,9 segundos, o que nem sequer vos vai dar tempo suficiente para soltarem aquele "f..sse" de adrenalina sob o vosso fôlego. O veiculo totalmente eléctrico irá captar 2,012hp e 2,000Nm da sua configuração de quatro motores com uma bateria de 64kWh de iões de lítio. Este timing ridículo elimina os seus rivais como o Lotus Evija e o Rimac C_Two para voltar a colocar o Japão no mapa na grandeza da indústria automóvel.

A sua velocidade máxima está limitada a 400 km/h e tem uma autonomia de 450 km por carga. Alguns ajustes que se desviam do conceito apresentado  no Salão Automóvel de Frankfurt em 2017, incluem os espelhos retrovisores laterais, um vidro lateral com formas diferentes e uma asa traseira activa. As  portas em efeito borboleta e os painéis da carroçaria em fibra de carbono foram mantidos (naturalmente), assim como a suspensão hidráulica e a promessa de um interior "super luxuoso".

 

Desde então, a Aspark já abriu um showroom oficial perto da sua sede em Osaka, tendo o "Owl" como a principal atracção, mas é apenas o primeiro de uma série de projectos automóveis que sairão pelas portas desta marca. Entretanto, foram criados concessionários na América do Norte e na Europa, com mais uns poucos planeados para o Médio Oriente sedento de hipercarros, e que irão ser lançados nos próximos meses. 

Mas atenção que não vai ser nada barato; a sua tecnologia de ponta e desempenho impressionante traduz-se num preço que começa em 3,56 milhões de dólares (cerca de 3,10 milhões de euros). Oh, e apenas 50 "Owl" serão feitos - estando 20 deles já destinados à Europa - pelo que os interessados têm mesmo de se mexer muito rapidamente.

Data da publicação deste artigo - 05/04/2021

Texto: Exposer Magazine 

Fotografias: Aspark Owl