A não ser que tenhas estado a hibernar debaixo duma pedra, de certeza que tens estado a par do grande alarido que se está a fazer sentir nos últimos meses. O valor da bitcoin tem andado num sobe e desce, depois de ter atingido o valor máximo de $19,000 durante o mês de Dezembro - o que está bem longe do seu valor há apenas 5 anos atrás quando uma bitcoin valia apenas $20. 

Ainda assim, muito recentemente o mercado das criptomoedas sofreu um grande derrube. Se tens andado a pensar que devias investir, Richard Cheese, o especialista em "cryptocurrency trading", tem toda a informação que precisas.

Bitcoin - "Investir ou não investir?"

MAS AFINAL O QUE É A BITCOIN?

 

 

A bitcoin é um tipo de moeda que foi criada eletronicamente. Ao contrário da maioria das moedas tais como a libra, o euro ou o dólar, não é impressa ou controlada pelos bancos centrais.

Ela é produzida de forma descentralizada por milhares de computadores, mantidos por pessoas que “emprestam” a capacidade das suas máquinas para criar bitcoins e registar todas as transações feitas.

No processo de nascimento de uma bitcoin, chamado de “mineração”, os computadores conectados à rede competem entre si na resolução de problemas matemáticos. Quem ganha, recebe um bloco da moeda.

O nível de dificuldade dos desafios é ajustado pela rede, para que a moeda cresça dentro de uma faixa limitada, que é de até 21 milhões de unidades até o ano de 2140.

QUEM CRIOU A BITCOIN?

 

A origem da bitcoin ainda está envolvida em muito mistério. Diz -se que foi um indivíduo ou um grupo de indivíduos que se dá pelo nome de Satoshi Nakamoto que criou a moeda em 2008 e que a "pôs a circular" no início do ano de 2009.

O número de bitcoins lançadas é estritamente controlado, com um limite máximo de 21 milhões (até que alguém decida mudar as regras). Só nos primeiros 2 anos foram mineradas cerca de 7 milhões de bitcoins e até ao momento estima-se que já foram “postas em circulação” cerca de 16 milhões.

Uma das atrações da bitcoin - e a razão pela qual está associada a organizações criminosas e gangs - é o facto dos pagamentos não envolverem bancos ou outras instituições financeiras. Se fizeres compras online com as moedas tradicionais, chegas a um ponto em que uma instituição financeira terá de ser envolvida na transação; quer seja o teu banco, a tua empresa de cartão de crédito, ou um serviço de pagamentos tais como a Paypal. A bitcoin passa ao lado disto tudo.

COMO É QUE EU FAÇO DINHEIRO A PARTIR DA BITCOIN

 

Nem todos os entendidos estão a apostar na bitcoin como um investimento. Até pode parecer que neste momento é um investimento que só pode dar certo, mas isso não quer dizer que de um momento para o outro percas tudo.

O preço da bitcoin está a subir, em parte devido ao facto de cada vez haverem mais pessoas que pensam que a bitcoin poderá vir a ter um papel importante no futuro das nossas finanças. E depois também pelo processo natural do “aumento na procura = aumento do preço”.

Já sabemos que o número de bitcoins existentes é limitado, e se mais pessoas virem o potencial comercial da bitcoin, mais pessoas irão investir.

Se compraste ou “mineiraste” bitcoin nos primeiros dias da sua existência, poderás neste momento ter transformado o teu investimento inicial em milhares ou mesmo milhões de lucro. Em Dezembro de 2011, podias comprar uma bitcoin por apenas $2.00. E neste preciso momento vale quase $16000. 

Agora se já compraste a bitcoin mais tarde durante o seu auge e ao preço de $19700, então já perdeste cerca de $4000. Por vezes as pessoas têm a tendência de se atirarem para um investimento quando o preço sobe e vender quando cai, o que obviamente nunca é uma boa maneira de se fazer dinheiro.

MAS SERÁ QUE VALE MESMO A PENA INVESTIR NA BITCOIN?

 

 

Esta pergunta não é assim tão fácil de responder. Pessoalmente, acho que não devias investir em coisas sobre as quais não tens qualquer tipo de conhecimento ou que não compreendas, e por vezes nem todos conseguem entender o verdadeiro risco de investir na bitcoin.

Por outro lado, outros têm um ponto de vista completamente diferente e eu conheço um indivíduo que comprou uma série de bitcoins quando nem quase $100 valiam cada  - e neste momento está com um lucro substancial. Contudo têm havido uns poucos de altos e baixos durante este período.

Acho que não devias investir mais do que aquilo com que te sentes confortável, e essa é a verdade sobre algo como a bitcoin. Isto é se investires na bitcoin, não gastes mais do que aquilo que possas te dar ao luxo de perder. Não deves põr em risco o depósito da tua casa ou o teu fundo de reforma para investir na bitcoin.

Se já és da opinião que um investimento na bolsa já é um risco em si, agora imagina a bitcoin cuja venda não é regulada de todo como as ações de qualquer empresa da bolsa.

COMO É QUE POSSO COMPRAR A BITCOIN

 

 

Podes comprar através de plataformas de “trading” tais como a Bitstamp, Coinfloor, Coincorner e a Coinbase. As plataformas funcionam de forma parecida com o processo de abrir um conta e transferir para lá dinheiro para que possas comprar bitcoins.

 

 

 

FAZ O TEU TRABALHO DE CASA

 

 

Analisa quais são as melhores plataformas de compra de bitcoin antes de te registares: algumas têm mais fama do que outras.

Algumas plataformas estão a receber más avaliações por parte dos seus utilizadores pela falta de bom atendimento e serviço ao cliente, enquanto outros se queixam do facto das transferências que fazem demorarem tempo demais a aparecerem na plataforma em bitcoins.

Alguns dos grandes investidores já tiveram grandes problemas. Em 2014, a mais conhecida plataforma era a MTGox, mas foi dissolvida, alguns meses mais tarde. E a NiceHash que sofreu um ataque de hackers no mês passado, com supostamente um roubo equivalente a 68 milhões de dólares.

Se estiveres a comparar plataformas, informa-te também sobre as taxas. As mais baratas não são necessariamente as melhores (na minha opinião, a segurança e o atendimento ao cliente são sempre o mais importante), mas se investires regularmente as taxas podem ter um grand impacto.

As plataformas podem cobrar uma taxa entre os 0.25% e os 0.3% quando compras bitcoin. Também poderão haver taxas para realizar depósitos ou levantar dinheiro da tua conta e também da troca de bitcoins por euros. Assegura-te de quais as opções de pagamento disponíveis e qual a taxa que o teu próprio banco te poderá cobrar para receberes as transferências em euros na tua conta.

COMO GUARDAR A BITCOIN

 

Vais precisar de uma carteira especial de bitcoins, para poderes armazenar a tua bitcoin (ou mais provavelmente, a tua fração de bitcoin), depois de a comprares. Podes guardá-la numa carteira de hardware, o que significa, uma peça de equipamento físico que podes comprar, tal como uma USB drive especializada, ou então podes mesmo usar uma carteira online. 

O consenso entre os investidores da bitcoin é que as carteiras online são as mais convenientes se tiveres intenção de trocar ou gastar a tua bitcoin, mas não é aconselhável para guardares altos montantes de dinheiro que tenhas em bitcoin por causa de possíveis ataques de hackers. Mas tem cuidado, um indivíduo em 2013, por exemplo perdeu uma hard drive que continha uma série de bitcoins, e que hoje em dia valeria mais de 90 milhões de dólares! Ainda hoje está desesperadamente a tentar encontrá-la.

 

 

 

ALTERNATIVAS À BITCOIN

 

A bitcoin é a mais valiosa e mais conhecida criptomoeda, mas também há muitas outras tais como a ethereum, morena, ripple, dash e a litecoin.

E uma coisa é certa, até os mais cépticos acerca do valor atual da bitcoin, acreditam que as cryptocurrencies vieram para ficar.

Fotografias: Getty Images