bike1_edited.jpg

As super máquinas de duas rodas que mais marcaram o ano de 2020

Desde as motas de passeio, às de corrida e às mais futuristas, a verdade é que o ano de 2020 foi sem dúvida um dos anos de maior extravagância para a engenharia de duas rodas, pelo que vale bem a pena olharmos para trás e apreciarmos as mais icónicas máquinas de 2020.

Embora os fabricantes possam ter chegado a um impasse durante a maior parte deste ano de pandemia 2020, a verdade é que a criatividade foi ainda mais além. Os fabricantes têm vindo a alargar os limites daquilo que um motard contemporâneo de duas rodas deve fazer e 2020 tem sido um testemunho disso mesmo. Como tal, antes de passarmos para o próximo capítulo da motorização de duas rodas de luxo, aqui estão as melhores máquinas de 2020.

bike3.jpg

Foi já no final de 2019, que as duas marcas britânicas, Aston Martin e Brough Superior anunciaram que se iriam unir criar algo de muito especial em 2020. A verdade é que a sua palavra foi cumprida e o projecto resultou numa mota turbo-alimentada chamada de AMB 001. Esta moto, que é própria para pista, vem com um motor V-twin turbo-alimentado que produz 180 cavalos de potência. A mota foi criada com uma combinação de fibra de carbono e alumínio, e apresenta-se com um assento de concepção ergonómica. Apenas 100 destas belezas foram fabricadas

bike5.jpg

Já sabemos que a fibra de carbono ou o alumínio são considerados materiais inovadores para os motociclos, contudo ficamos confusos quanto à posição da madeira em termos de valor. No entanto, é definitivamente interessante. O novo motociclo eléctrico da empresa francesa Newron é alimentada com uma bateria de iões de lítio que é recarregada em apenas 40 minutos. Com carga completa, o condutor pode viajar até 300 kms na cidade ou cerca de 200 kms em auto-estrada. Além disso, também poderão escolher entre um conjunto de acabamentos de madeira elegante, incluindo carvalho, cedro, cinza branca, e ébano. A EV-1 pode ir dos 0 aos 100 km/h em apenas três segundos e atinge uma velocidade máxima de 220 km/h.

bike2.jpg

Temos boas razões para acreditar que esta poderá ser uma das mais espetaculares motas de 2020, no que diz respeito ao vigor e claro, ao design. Isto é o que acontece quando dois dos super-rápidos italianos dão as mãos para criar uma super máquina de duas rodas.  Inspirada no Lamborghini Sián FKP 37, esta Ducati Diavel apresenta-se com o melhor da engenharia motora italiana. O proeminente '63' marca o ano em que a Lamborghini ganhou vida. Quanto ao desempenho e potência, a Diavel 1260 Lamborghini conta com um motor homologado Ducati Testastretta DVT de 1.262cc com 162 cavalos e 129 Nm de binário a 7.500 rpm. Apenas 630 foram feitas.

Bond, o super-espião e agente dos serviços secretos de Sua Majestade, não é negligente quando se trata de perseguições a alta velocidade, tiros e acrobacias, sejam com quatro, ou com duas rodas. Há uma cena em particular no filme em que Bond está a ser perseguido por bandidos enquanto conduz uma Triumph Scrambler 1200. Para celebrar esta união britânica, a Triumph revelou uma edição especial da motas que James Bond utilizou no filme. Utiliza o mesmo motor de 1200cc com 89 cavalos de potência e 81 libras de torque. Esta edição limitada também recebeu uma remodelação exclusiva com o tema de Bond, tal como se pode ver com a assinatura “007” no seu painel lateral inferior. Este é um modelo super-exclusivo, pois só apenas 250 exemplares foram fabricados.

bike6.jpg

Ainda é só um conceito, mas é sem dúvida um dos mais especiais de 2020. O artista espanhol Iago Valino mostrou-nos a sua visão do conceito da motocicleta BMW Motorrad ESMC Off-Road e é uma verdadeira obra de arte. Substituindo um carro lateral de passageiros por um carro lateral, para ferramentas e mantimentos, a Off-Road BMW Motorrad ESMC Concept apresenta-se com pneus grossos, um conjunto de faróis LED para uma melhor visão noturna e uma uma bateria de 18,7 kWh. A pergunta que fica no ar é: “será que o projeto vai sair do papel?”, fica o nosso desejo para que sim.

O rico património de motociclismo da Harley Davidson foi sempre conhecida pelos seus motores robustos americanos puros, razão pela qual é certamente interessante vê-los percorrer um novo caminho. A sua primeira moto de turismo de aventura de sempre, a Pan America utiliza o mais recente motor da marca V-twin com refrigeração líquida Revolution Max 1.250-cc, com uma potência de 140 cavalos. Potência à parte, contudo, para maximizar ainda mais o seu desempenho fora de estrada, o fabricante americano de motociclos juntou-se aos sistemas de travagem e pneus Brembo e Michelin, para um resultado final que não nos vai desiludir.

Os italianos têm certamente uma propensão para a construção de máquinas com os mais belos ruídos de motor, e esta MV Agusta Rush 1000 é a prova disso mesmo. A máquina média em mãos não está focada em passeios de estrada contemporâneos, mas exclusivamente em corridas de drag. Ela embala um chassis de aço e muitas outras características que são concebidas para ser tão leve e potente que a tornam a perfeita “drag racer”. A potência vem de um motor de quatro cilindros de 998-cc inspirado na F1 que pode produzir 208 cavalos de potência com uma velocidade máxima de 300 km/h.

Data da publicação deste artigo - 15/01/2021

Texto: Exposer Magazine 

Fotografia: Cortesia das Marcas