Como preparar a tábua de queijos perfeita para impressionar os convidados...

Uma coisa é certa, um bom anfitrião tem de saber preparar uma tábua de queijos que impressione os os seus convidados. Para vos ajudar nesta questão, elaborámos um guia rápido e prático para vos ajudar a preparar a tábua de queijos perfeita  Seja para o jantar, um encontro doce, ou apenas para uma sessão elegante de Netflix e Chill no sofá,  o melhor mesmo é manterem estas dicas em mente, como uma inspiração e motivação para a próxima vez que pretenderem fazer um petisco com à maneira e com nível?

A tábua

O queijo é tipicamente servido numa tábua de madeira, o que é óptimo porque até a vossa tábua de cortar carne ou oslegumes na cozinha poderá servir. Essencialmente, vão precisar de uma superfície grande e plana para colocarem os queijos, e a regra é que quanto maior for, melhor é geralmente. O mármore é também uma boa opção para uma estética de classe, epode ter uma função dupla, já que pode ter um efeito refrescante para o queijo.

 

A apresentação

Vamos dizê-lo aqui mesmo e agora mesmo: nem todos os queijos são bonitos.

Se se pretende montar um painel de queijos que seja minimamente “instagramável" é fundamental organizar e “montar” os queijos de forma correta.

Comecem por colocar artigos maiores como queijos grandes e tigelas (para os seus condimentos) no tabuleiro, antes de preencher os espaços vazios com artigos mais pequenos como nozes, ervas, ou mesmo flores comestíveis. Tentem seleccionar uma variedade de texturas nos queijos para que haja um contraste, não só para o paladar mas também para o olho. Adoramos a ideia de colocar vários blocos de queijo sobre a tábua e manter uma faca de queijo por perto para cortar ou procurar diferentes formas de cortar o seu queijo em pedaços de fácil acesso e de fácil degustação, cortando fatias regulares empilhadas umas sobre as outras. Caso pretendam colocar alguns elementos de charcutaria, basta dobrá-los ao meio, e considerarem também o uso de palitos para um menor risco de contaminação.

Alguns ramos de ervas aromáticas também podem acrescentam uma agradável sensação rústica às vossas tábuas.

cheese 6.jpg

Os queijos a incluir

A diversão de um verdadeiro apreciador de queijos é a variedade no sabor. Uma boa regra a seguir é escolherem queijos de diferentes animais (ovelhas, cabras, vacas) ou de diferentes países (Itália, França, Espanha, Grécia, Tailândia). Façam experiências com as diferentes texturas, desde os queijos amanteigados aos mais duros. Em baixo podem encontrar um pequeno guia:

Queijos de pasta mole: Burrata, Mozzarella, Brie, Ricotta, queijo cottage

Queijos de pasta semi-mole: Roquefort, camembert,gorgonzola, feta, queijo de cabra, queijo azul

Queijos semi duros: Manchego, Provolone, Comte, Gruyere, queijo fumado

Queijos duros: Cheddar, Parmesão, Pecorino, Gouda.

Os não-queijos a incluir

Apesar do seu nome, uma tábua de queijos, na realidade requer mais do que queijo para funcionar.

Há uma série de componentes que devemos considerar.

 

Hidratos de Carbono - podem optar por uma baguete quente ou ciabatta, bolachas sem sal ou até mesmo os palitos de pão que são um excelente hidrato para combinarmos o queijo.

 

Charcutaria - A charcutaria é uma bela combinação para os queijos, por isso vale sempre a pena incluir  algum salame, chouriço, ou salpicão em qualquer forma ao seu tabuleiro. Pode também incluir presuntos como Iberico, Prosciutto, Guanciale, ou cozinhados.

Nozes - Nozes e queijo são outra combinação clássica. Também podem cosiderar as amêndoas, nozes, nozes de macadâmia, ou caju.

 

Fruta - No seguimento dos frutos secos, adicionem alguma doçura para equilibrar a salinidade nos vossos tabuleiros. Considerem o damascos e o figo seco, ou até mesmo fruta fresca como uvas, framboesas, ou fatias de maçã para alguma acidez. Um pouco de mel ou de doce de abóbora à parte também são sempre opções divinais. 

 

Bebidas - O champanhe combina perfeitamente com o queijo quando usado como aperitivo, mas quando é para servir como sobremesa, aí já recomendamos um bom xerez e vinho do Porto. Se for servido a qualquer hora do dia como petisco, aí temos de incluir a excelente seleção de bons vinhos tintos que o nosso país tem à sua disposição.

Uma coisa é certa, queijos e combinações serão sempre bem-vindos qualquer que seja o motivo de convívio. 

Data da publicação deste artigo - 02/04/2021

Texto: Exposer Magazine 

Fotografia: Fotólia